Páginas

20 de ago de 2011

Quanto vale?

Estava perambulando pela web e  me deparei no site de um praticante de magia. Lá, ele com sinceridade postou os valores dos seus serviços. Rituais - feitiços na verdade -  para deuses/energias predominantemente romanos/gregos saíam na faixa de R$300 a R$1.000,00. 
Porém, o que realmente me deixou, digamos, admirada foi o preço para participar de um ritual sazonal: R$1.000,00.

Sim, isto mesmo - a participação em um rito sazonal custava R$ 1.000,00. Mil reais!

Não tenho nada contra, em absoluto, as pessoas cobrarem por serviços prestados. Magia é troca, e a pessoa se dispôs a fazer algo e dedicar-se, ok, paga-se por isso. Vivemos no capitalismo.
O que me deixa estupefata é a exorbitância, a falta de senso nos preços. E isso é meio geral, eu noto.

Ordens esotéricas cobram pequenas fortunas para filiação. Sacerdotes/isas praticamente fazem pequenos assaltos por uma iniciação.Ocultistas pedem quantias vultosas para um feitiço.
Qual o critério: O grau de complexidade do procedimento? O grau de fodassidade de quem executa? De tudo um pouco? Só massagem no ego?

Enfim... só para constar, o curso de iniciantes da House of Netjer é gratuito. O trabalho dos sacerdotes e outros shemsu que como eu, executam a função de atuarem como intermediários e tradutores também não tem nenhum custo financeiro para quem os desfruta.
Eu não penso ser superior ou inferior por isso - apenas faço meu trabalho e me dedico à minha fé. Não me lamento por não virem alguns zeros a mais na minha conta bancária por isso. Sirvo aos deuses atuando pela comunidade kemética ortodoxa, e essa satisfação junto com a certeza de que sou eu que estou fazendo um trabalho certo, autorizado e reconhecido pela líder da minha religião me satisfazem de uma maneira única.

Respondendo à pergunta do título, bom, meu ka está alimentado. Penso que isso já valha o suficiente. E você, o que tem feito para alimentar seu ka estando emanado em Ma'at?

3 comentários:

PautKhepera disse...

Isso me fez lembrar um "causo". Há long lon long time ago...rsrs...aqui nas terras espiritosantenses...uma então amiga participava a distancia de um grupo sei lá do que (pouparei os nomes e detalhes por educação. há!)de um cara "fodaço" (que nunca me convenceu,mas enfim...)que já tinha publico livros e etc etc etc....e q ele na época cobrava uma quantinha mega alta (há 10 anos 500 reais era MUITA grana e pra mim continua sendo). Motivo: além da parafernália que o ritual deveria ter...tinha que se pagar um buffet para servir os participantes. Sim,vc leu certo: Buffet.Não se podia levar a comida no estilo americano,tinha que ser buffet.Não poderia preparar a comida no dia anterior,tinha que ser buffet. E é isso.O bom é que aqui ninguem engoliu isso e ele não veio.É triste,mas é cada vez mais comum.

Ramesses Meryamun disse...

Realmente!!!!
Hoje em dia vivemos em um mundo onde os valores espirituais estão banalizados pelo ganho, pelo dinheiro!!!
um abraço!!!!

ArtemisMelissa disse...

afe, cruel...
ainda bem que existe gente direita como a gente, né? rs ;*