Páginas

6 de fev de 2012

Flagrantes da vida real

Esta é a reprodução de uma mensagem que enviei a amigos que se desentenderam. Algumas partes foram editadas pois a intenção não era expor ninguém, só compartilhar com vocês um pouco do que eu penso e da maneira que, como kemética ortodoxa, estou tentando lidar com conflitos.

"Em hotep!
Depois de uma noite com pouco sono e muitas reflexões, vim falar com vocês sobre o ocorrido de ontem.

Inicialmente, alguns esclarecimentos:
Não estou tomando partido de ninguém e vamos deixar isso bem claro. Aqui todos são crescidinhos e não vou aturar nenhum tipo de alegação deste teor.
Também não vai rolar nenhuma cruzada do tipo "fulano e ciclano apoiam X contra beltrano que apoia Y".Ninguém está no grupo para essas bestagens. Sinceramente eu conto com o bom senso dos dois para nem começarem com algo do gênero também.

Tudo claro, prossigo:
Não tem propósito manter uma discussão infrutífera salva.
Não interessa quem começou e mimimi. O *** não é lugar de troca de ofensas e gritarias. Bons modos não são opcionais, educação, tampouco.
Querem brigar? É entre vocês: nem eu, ou ninguém que esteja lá tem algo a ver. Não querem mais se falar, querem se banhar no sangue um do outro ou o que valha - coisa de vocês. Nenhum de nós tem que ser atingido por conta disso.

Vocês dois já vinham num clima de tensão crescente nos últimos tempos mas nunca enfrentaram a situação de frente e ficaram vivendo de altos e baixos com sarcasmo ocasional de ambas as partes - e ninguém tomou nenhuma atitude quer para apaziguar ou detonar de vez.
Agora, agressão gratuita, em público?Isso é além de qualquer limite. Lá não é para isso. Vocês desrespeitaram mais que um ao outro, desrespeitaram todo mundo.

Nossa vida, como keméticos ortodoxos é lutar todos os dias para permanecer mais em Ma'at do que em isfet.
 
X, tu te atirou direto em isfet ao violar, só ontem, 3 das purificações: causou dor em outro (10), agiu com insolencia (26) e falou demais (31).Isto, somado ao desrespeito com todos os outros membros não é, nunca foi e nunca será aceitável.

Tu foi convidado a se retirar.
A partir de agora, aproveite esse tempo e vá pensar nas tuas atitudes, nas reais motivações dos teus atos dentro da comunidade kemética. Vá estudar e praticar a fé, pedir orientação aos deuses para clarear tua mente,  organizar o lugar da fé kemética e tudo que ela traz na tua vida - isso inclui estar em comunidade (mesmo que virtualmente), respeitar a si mesmo e aos outros, compreender que as pessoas tem o seu espaço e não tem a obrigação de aturar tudo. Ser kemético ortodoxo é também se doar e não só retirar. Exercitar o senso crítico, buscar por si e não esperar "o maná do céu". 
 
Y, já está fora. Pense o que quiser, só com clareza e equilíbrio de palavras e ações - o justo jamais deve pagar pelo injusto. Tua atitude foi uma reação, ok, mas ela foi além dos limites. Também é isfet devorarmos nosso próprio coração ao permitirmos que ele se encha de isfet (coisas nocivas, rancores e mentiras), já diz a purificação13.

E errei eu também, pois sinceramente pensei que vocês dois tinham só uma birra e não algo mais profundo. Pensei que vocês se toleravam e até, pasmem, se gostavam em algum nível - por mais raso que fosse. Eu deixei as coisas passarem sem tomar alguma atitude por conta do meu "otimismo". Isfet pra mim também, já que me esqueci da purificação 24 que fala para não trair o caminho pessoal de cada um.

Senebty."

Falarei sobre as purificações ainda por aqui, aguardem. :)