Páginas

26 de mar de 2011

30 dias de paganismo - Dia 03: Ortodoxia x gnose pessoal

           Logo de cara, uma das primeiras palavras a ressaltar aos olhos é o “Ortodoxo” quando lemos Ortodoxia Kemética. Então, o que isso quer dizer, que sigo por aí, de cabeça raspada como uma sacerdotisa dos afrescos e já estou eu, Tanakht, construindo minha tumba para quando eu morrer?
            Calma que não é bem assim. Primeiro que eu curto o meu cabelo onde e do jeito que ele está, então a parte de raspar a cabeça fica para outra ocasião. Quanto à tumba, primeiro penso em construir outras coisas primeiro, a tumba, quem sabe depois, ok?
            Quando eu falo em ortodoxia, me refiro à parte em que nós, keméticos, procuramos seguir aquilo que define uma religião como reconstrucionista: tentar chegar o mais perto do possível do que os antigos faziam, mas de acordo com o nosso tempo. Por exemplo, eu não acendo uma vela com sílex, eu uso fósforo mesmo. Isso é ser racional, e não um fanático. A questão toda que pega, e que muita gente não compreende é esta: é preciso disciplina sim, mas com bom senso, sem tolher a expressão de cada pessoa.
            Da mesma forma, não é aceitável flertar com o samba do crioulo doido. Exemplifico:
Se está dito que a pessoa tem que ter um altar, ela tem que ter um altar.Arranje espaço! Não tem um cômodo separado, faz no seu quarto; não pode ser visto, bota numa gaveta ou numa caixa e na hora que for usar, acende a vela do lado de fora. Ninguém precisa construir algo como Abu Simbel se não pode. Faça o que pode, mas faça o seu altar.
            Sem samba do crioulo doido: nada de não fazer altar porque “não sentiu necessidade”, “porque honra os deuses no astral”. “porque distribuir pela casa fica mais bonito”. Ortodoxia: os antigos tinham templos incríveis que nos maravilham até hoje, e mesmo os mais humildes tinham altares em suas casas. Então, sem choro nem vela. Disse e repito: não é um caminho para todos.
            E onde entra então, a gnose pessoal nisso tudo? Keméticos são nerds robôs?
        Bom, talvez alguns de nós sejam nerds, ainda não fiquei sabendo que tenham robôs keméticos...Mas na maioria, exercitamos nosso direito sagrado de nos expressarmos. Sei de pessoas que honram seus deuses dançando, outras dedicam seus estudos universitários; alguns escrevem hinos, outros pintam. Outros apenas contemplam a natureza e assim se conectam. Outros, como eu, falam sobre suas crenças.
            Alguns keméticos usam velas pequenas, outros das de 7 dias, outros usam lamparinas. Alguns chamam seus Pais por apelidos, outros usam os nomes completos com os epítetos. Sei de pessoas que compram presentes para ofertar a seus deuses, como bichos de pelúcia, jóias, brinquedos.Alguns cobrem seus altares de seda pintada a mão, outros usam toalhas de mesa.
      Eu poderia ficar aqui escrevendo até meus dedos e olhos caírem. A diversidade é fascinante e uma celebração que muito me agrada. Gnose pessoal na ortodoxia é isso, o toque de diversidade na unicidade que permite que ela não destoe, ainda que seja diferente. Todos pilares estão lá, firmes e uniformes, mas multicoloridos.

P.S.: Um dua especial ao meu Pai Set, em seu dia, e que foi minha inspiração para esse texto. Dua Set!

2 comentários:

Espartana disse...

um selinho pra vc ;) http://sofalex.blogspot.com/2011/03/selo-iluminador.html

Ramesses Meryamun disse...

Tanakht adorei sua postagem, minha única duvida sobre o kemetismo ortodoxo, é em relação a pronuncia e a grafia dos nomes dos Necheru, visto que existem para uma unica Divindade varios tipos de grafias, (como por exemplo, para Anubis, eu já vi escreverem Anpu,Yenepu,ou Ynepu; ou para Osiris como Wsir, Wsar ou Ausar), e na escrita hieroglifica os egipcios não utilizavam vogais, sendo que os egiptologos se acostumaram a colocar uma letra "e" entre as consoantes para se poderem pronunciar melhor as palavras, inclusive nos nomes dos Deuses. Quanto a isso, há uma preucupação no Kemetismo Ortodoxo com a correta pronuncia dos nomes egipcios das Divindades? Ou simplesmente o devoto pronuncia da melhor forma que quer?
Um abraço!!!!